Que palavra diferente esta chamada de ‘nootrópico’… Pois ela se refere a qualquer tipo de composto ou alimento que tenha a capacidade de melhorar as habilidades mentais, incluindo a memória, capacidade de concentração, motivação, ou mesmo o humor. Enquanto que a categoria geral incluia medicamentos inteligentes, os suplementos de aumento das habilidades mentais cabem também na descrição.

Diariamente, os neurocientistas adquirem uma compreensão cerebral mais matizada, tendo como resultado o andamento de muitos novos medicamentos que têm como alvo regiões exatas do cérebro. O mesmo conhecimento, no entanto, pode revelar como suplementos específicos podem fazer igualmente um bom trabalho de melhorar o funcionamento do cérebro no longo prazo.

Nesse espírito, aqui está uma lista de potenciais nootrópicos.

Lembre-se: Informe-se e peça o conselho de um médico antes de engolir qualquer comprimido, natural ou não. Mais importante ainda, nem todos os suplementos alimentares são criados iguais, algumas marcas podem incluir aditivos que talvez você não queira (ou tenha alergia), por isso o barato pode se tornar caro.

creatina é um velho favorito entre os ratos de academia, que a utilizam para melhorar seu desempenho esportivo, mas ao longo da última década ou mais, foram testadas suas habilidades de melhora no desempenho neural. Em um estudo controlado por placebo, os pesquisadores testaram a hipótese de que 5 gramas por dia durante um período de seis semanas melhoraria os resultados dos testes de inteligência, ao mesmo tempo que melhorando a memória. Com a participação de 45 jovens adultos vegetarianos obtiveram com o suplemento um efeito positivo significativo sobre a memória de trabalho e inteligência, em particular no que diz respeito à tarefas que exigem velocidade de processamento. Embora o estudo tenha envolvido somente vegetarianos, os pesquisadores “esperam ver um efeito benéfico da suplementação de creatina sobre o desempenho do cérebro na maioria dos onívoros, com exceção daqueles que consomem quantidades muito elevadas de carne”.

L-teanina ou teanina é encontrada no chá verde e cogumelos e também vendida como um suplemento dietético nos Estados Unidos. Na verdade, o FDA (órgão regulador americano) concedeu-lhe status GRAS (significando, geralmente reconhecido como seguro). De acordo com vários estudos científicos, a teanina afeta os níveis de alguns neurotransmissores, para prevenir a disfunção cerebral induzida pela beta-amilóide, e para proteger contra a doença. Ainda, a L-teanina é tida para melhorar a qualidade do sono em meninos com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade. Em termos de usos nootrópicos, vários pequenos estudos indicam que uma combinação de L-teanina com cafeína possa melhorar o desempenho cognitivo, em particular nas áreas de foco e agilidade. Aparentemente, no entanto, os efeitos podem não ser de longa duração.

Passiflora (flor de maracujá) é comprovada por estudos pequenos como tendo efeitos antiansiedade, embora ainda não confirmado em estudos de grande escala. Algumas outras pessoas a utilizam para tratar a insônia, bem como neuralgia e sintomas de abstinência, enquanto saindo de opiáceos ou benzodiazepinas. Em pacientes submetidos à cirurgia, bem como aqueles prestes a serem tratados por um dentista, o maracujá foi efetivamente usado para reduzir a apreensão.

DHA, um ácido graxo ômega-3 encontrado em peixes e algas, pode melhorar sua memória enquanto protege contra certos transtornos psiquiátricos. Vários estudos de pessoas com depressão severa indicam que elas têm empobrecido os níveis de ácido graxo ômega-3, e um grande estudo concluiu que os sintomas depressivos foram significativamente maiores entre os consumidores não frequentes de peixe. No entanto, nenhum estudo provou que a suplementação com omega-3 seja eficaz no alívio da depressão severa, moderada, ou até mesmo leve. Dito isto, alguns dados sugerem ser uma medida preventiva de segurança e pode reduzir o risco de progressão de certos transtornos psiquiátricos.

Enquanto uma revisão de estudos científicos descobriu que suplementos de DHA melhora significativamente o desenvolvimento cognitivo em crianças – embora não melhore o desempenho cognitivo em crianças, adultos ou idosos – outra revisão mostrou que pode proteger contra o comprometimento cognitivo leve, demência e o risco e progressão da doença de Alzheimer em idosos.

 

Os artigos aqui postados não necessariamente expressam a visão da Empresa.

Traduzido por Essential Nutrition
Autora: Susan Scutti
Fontes:
http://www.medicaldaily.com/best-supplements-your-brain-4-nootropics-work-smart-drugs-dont-require-prescription-312340

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essential.”