Suplementos com ômegas 3 e 6 podem melhorar as habilidades de leitura de escolares, de acordo com um novo estudo da Sahlgrenska Academy, da Universidade de Gotemburgo, Suécia. As crianças com problemas de atenção, em particular, podem ganhar ajuda na leitura com a adição desses ácidos graxos.

O estudo incluiu 154 escolares do oeste da Suécia, idades entre nove e dez anos. As crianças passaram por um teste baseado em computador (conhecido como o teste Logos) que mediu suas habilidades de leitura em uma variedade de maneiras, incluindo velocidade, capacidade de ler palavras sem sentido e vocabulário.

As crianças foram aleatoriamente designadas para receber ou cápsulas com ômegas 3 e 6, ou cápsulas idênticas que continham um placebo (óleo de palma) durante 3 meses, às cegas, ou seja, só foi desvendado quem recebeu os ômegas ou não no final do estudo. Depois de três meses, todos os participantes receberam a suplementação de ômega para os últimos três meses do estudo.

“Mesmo depois de três meses, pudemos ver que as habilidades de leitura das crianças melhoraram com a adição de ácidos graxos, em comparação com as que receberam placebo. Isto foi particularmente evidente na capacidade de ler uma palavra sem sentido em voz alta e pronunciá-la corretamente (decodificação fonológica), e a capacidade de ler uma série de letras rapidamente (tempo de análise visual)”, relatou Mats Johnson, médico chefe e pesquisador do centro de neuropsiquiatria Gillberg, na Sahlgrenska Academy, Universidade de Gotemburgo.

Nenhuma criança diagnosticada com TDAH foi incluída no estudo, mas com a ajuda dos pais das crianças, os pesquisadores puderam identificar as que tinham leves problemas de atenção. Estas crianças alcançaram melhorias ainda maiores em vários testes, incluindo leitura mais rápida já depois de três meses de suplementação.

“A nossa dieta atual contém relativamente pouco ômega-3, o que parece ter um efeito negativo sobre as crianças quando se trata de aprendizagem, alfabetização e atenção”, diz Mats Johnson. “As membranas celulares do cérebro são maioritariamente compostas por gorduras poli-insaturadas, e há estudos que indicam que essas gorduras são importantes para a transmissão de sinais entre as células nervosas e a regulamentação dos sistemas de sinalização no cérebro.”

Estudos anteriores, em que os investigadores examinaram o efeito de ômega-3 como um suplemento para escolares, não mostraram resultados positivos, algo que Mats Johnson acredita que pode depender de como os estudos foram organizados e de qual combinação e doses de ácidos graxos foram utilizadas. Este é o primeiro estudo duplo-cego, controlado por placebo, mostrando que os ômegas 3 e 6 melhoram a leitura de escolares.

Os artigos aqui postados não necessariamente expressam a visão da Empresa 

Referências:
http://www.gu.se/english/about_the_university/news-calendar/News_detail//omega-3-and-omega-6-supplement-improves-reading-for-children.cid1402326

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essential.”