Você deve conhecer os benefícios do colágeno para a firmeza e a elasticidade da pele. O que poucas pessoas sabem é que a proteína, tão importante para a estrutura do corpo, também atua para manter a saúde intestinal em dia.

Confira como o colágeno ajuda no intestino e entenda a importância de cuidar da condição digestiva para prevenir doenças e levar uma vida mais saudável.

Estudos já evidenciaram os efeitos benéficos do colágeno para ter uma pele mais firme, amenizar linhas de expressão e fortalecer unhas, cabelos e articulações. Além dessas conhecidas recomendações, o colágeno passou a ser indicado para cuidar da saúde intestinal. Isso porque a proteína colabora para o bom funcionamento da barreira mucosa, que controla a permeabilidade do intestino.

Entenda como o colágeno ajuda no intestino e pode ser uma alternativa para quem apresenta problemas de digestão e absorção de nutrientes.

Qual a relação entre o colágeno e a saúde intestinal?

A estrutura do intestino é revestida por uma barreira protetora que atua fisicamente como um mecanismo de defesa do corpo e impede que bactérias e toxinas permeiem e sigam para a corrente sanguínea. Esse caminho pode ocasionar alergias, sensibilidades e problemas de saúde crônicos.

Importância das junções intracelulares

Além disso, a barreira intestinal conta com junções intracelulares na sua formação que são essenciais para a comunicação e adesão entre as células. Na prática, elas selam a passagem de macromoléculas através do espaço entre duas células das paredes do intestino, induzindo os nutrientes a passarem por dentro das células. Dessa forma, o corpo tem um melhor controle do que será absorvido.

Fatores que prejudicam a barreira intestinal

Algumas situações favorecem para que aconteça o rompimento das junções intracelulares, e, consequentemente, o desalinhamento e afastamento das células presentes na barreira protetora. Dessa forma, o intestino fica “poroso”, e a condição digestiva pode ficar comprometida, além de aumentar a exposição do organismo a problemas de saúde relacionados a outras funções.

Entre os fatores que prejudicam a barreira intestinal, estão:

  • Alimentos com elevado teor inflamatório, como: açúcares, glúten, lactose, carboidratos refinados e álcool;
  • mau funcionamento de outros órgãos;
  • estresse;
  • uso de medicamentos/antibióticos a longo prazo;
  • substâncias químicas, como agrotóxicos;
  • bactérias maléficas;
  • má digestão;
  • má absorção dos nutrientes.

Atuação do colágeno no intestino

Sabendo da importância das junções intercelulares na digestão e proteção do organismo, fica mais fácil compreender o importante papel do colágeno nesse processo. De forma bem resumida e direta, o colágeno atua na recuperação do tecido conjuntivo intestinal. A proteína ajuda a evitar o desgaste gradual das junções entre as células e a desordem estrutural.

Para quais problemas intestinais o colágeno é recomendado

O primeiro ponto que precisa ser destacado é que o colágeno não é indicado apenas para quem tem problemas no intestino, mas também para quem deseja prevenir doenças e cuidar da sua saúde de forma integral.

Saúde intestinal além do processo digestivo

A relação do intestino com o equilíbrio do corpo é direta, e manter o trato digestivo saudável impacta positivamente em outros sistemas e funções. Acompanhe.

  • Imunidade: o intestino faz parte do sistema de defesa, abriga células do sistema imune, é o habitat da microbiota e campo de produção de importantes vitaminas para a imunidade, como a vitamina K e B12.
  • Segundo cérebro: o intestino é considerado o segundo cérebro por ter uma quantidade expressiva de neurônios em seu sistema. Há uma rede de nervos que reveste o intestino e que envia mensagens para o cérebro e controla a liberação de hormônios relacionados à sensação de bem-estar, de fome e de saciedade. Como exemplo, 90% da serotonina, importante hormônio da felicidade, é produzida nos neurônios intestinais.
  • Processos de digestão, absorção e nutrição: o intestino conta com as enzimas digestivas, serve como porta de entrada para os nutrientes e é responsável pela absorção deles.
  • Microbiota: é no intestino que as bactérias, fungos e microorganismos se alocam e resultam na microbiota, essencial para o funcionamento adequado do organismo.

Nesse contexto, há doenças associadas à saúde do intestino que são melhor administradas com a ingestão de colágeno e outros nutrientes. Dentre as desordens, podemos citar:

  • inchaço e gases;
  • fadiga;
  • cólicas;
  • dores de cabeça;
  • sensibilidade alimentar;
  • síndrome do intestino irritável;
  • leaky gut ou síndrome do intestino permeável;
  • alergias;
  • imunidade baixa;
  • inflamação do corpo;
  • obesidade;
  • depressão;
  • alteração do humor.

Como escolher o colágeno para melhorar o intestino?

Agora que você sabe como o colágeno ajuda no intestino, é recomendado ter conhecimento de como incluir a proteína no dia a dia e beneficiar as condições digestivas. O colágeno está presente em alguns alimentos. Porém, a suplementação é uma opção que garante boa quantidade e maior biodisponibilidade do nutriente.

Peptídeos do colágeno

Os peptídeos de colágeno hidrolisado apresentam uma melhor absorção. Por isso, ao escolher um suplemento de colágeno, é importante verificar a forma como as moléculas do nutriente estão na composição. Prefira os peptídeos de colágeno.

Composição saudável

Além do colágeno, confira os outros ingredientes da fórmula. Imagine apostar em um suplemento para melhorar a sua saúde intestinal que contenha emulsificantes, fibras fermentáveis, açúcares, adoçantes e aromas artificiais? Saiba que esses componentes não são saudáveis e podem interferir negativamente.

Fórmulas aprimoradas

Além da renovação e manutenção estrutural da barreira protetora, um suplemento direcionado para a saúde do intestino potencializa os seus efeitos ao ter uma fórmula aprimorada com ingredientes que proporcionam outras ações benéficas para o funcionamento do intestino, como prebióticos, aminoácidos, antioxidantes, anti-inflamatórios, imunomoduladores, vitaminas e minerais.

Por fim, nosso trato intestinal pode ser protegido e melhorado com uma dieta adequada, com alimentos integrais, frutas e hortaliças, e com uma regular hidratação. Além disso, suplementos podem ser alternativas para nutrir a barreira intestinal, fortalecer a flora e ajudar a equilibrar a microbiota com efetividade.

Agora que você sabe como o colágeno ajuda no intestino, conheça o Collagen Gut e como ele pode colaborar para preservar a sua saúde.

As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Assim, as informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. Por fim, nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura de ajuda por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essential.

Uma fórmula completa para o intestino

R$165,00

Whey Protein Hidrolisado e Isolado + Precursores da Glutationa.

R$220,00

Golden Milk Superfood

R$175,00

Prebiótico com 5 tipos de fibras

R$120,00