Peptídeos de colágeno são um conjunto de vários fragmentos minúsculos da proteína. Por padrão, eles agregam entre 2 e 100 aminoácidos, enquanto uma molécula de colágeno agrega cerca de 3.000 aminoácidos. O peptídeo é tão pequeno que a facilidade de ser absorvido pelo nosso organismo é muito superior.

O que são peptídeos de colágeno?

Para saber o que são peptídeos de colágeno, é importante entender que eles estão em diversos suplementos de colágeno e são muito buscados por quem quer melhorar a saúde da pele, cabelo e unhas. Pesquisas também mostram seus benefícios no tratamento de osteoartrite.

Peptídeos de colágeno são o resultado de um passo a mais no processo de obtenção do colágeno. Veja como são obtidos.

Como são obtidos os peptídeos de colágeno?

Primeiro o colágeno in natura passa por um processo denominado hidrólise, o qual reduz o seu tamanho, resultando no colágeno hidrolisado. Já hidrolisado, o colágeno é submetido a mais uma etapa, que padroniza seu tamanho molecular em peptídeos. Por serem minúsculos, os peptídeos de colágeno hidrolisado estão prontos para serem absorvidos e agir de forma mais rápida e eficaz.

 

Processo de produção dos peptídeos de colágeno

Para que servem os peptídeos de colágeno?

Por terem uma grande absorção, os peptídeos de colágeno conseguem responder à demanda extra do organismo por essa proteína. Isso se torna ainda mais importante com o passar da idade, já que há uma queda natural na produção interna de colágeno do organismo.

Redução no percentual de colágeno na pele com o passar dos anos

A síntese de colágeno varia durante os diferentes estágios da vida, assim como a proporção entre os tipos de colágeno na pele. A pele jovem é composta, em média, de 80% tipo I e 15% tipo III. Com o passar dos anos, a capacidade de reabastecer colágeno diminui naturalmente cerca de 1,5% ao ano, e as fibras tornam-se mais espessas e curtas, resultando em perda de tipo I e desequilíbrio na proporção entre os tipos.

Quando reposto em níveis adequados, o colágeno devolve tenacidade e flexibilidade à pele, cabelo, unhas e cartilagens.

Qual a diferença entre peptídeos de colágeno e colágeno hidrolisado?

As diferenças são basicamente o tamanho de cada molécula, que é menor no caso dos peptídeos, e a uniformidade do tamanho desses peptídeos. Isso facilita a absorção e seu consequente aproveitamento pelo organismo. Quando a molécula é maior, apenas uma pequena parte é absorvida, outra parte é quebrada, e seus aminoácidos são absorvidos pelo corpo. Porém, neste processo, os aminoácidos podem acabar servindo a outras funções no organismo.

Benefícios dos peptídeos de colágeno

Por terem uma melhor absorção pelo organismo, os peptídeos impulsionam os resultados potenciais da suplementação com colágeno:

O que dizem as pesquisas sobre peptídeos de colágeno?

Estudos clínicos avaliaram os efeitos do uso diário de suplementação de peptídeos de colágeno tipo I em mulheres acima de 40 anos de idade.

ESTUDO 1 ESTUDO 2
30 minutos após ingestão 6 horas após ingestão
A forma hidratada da prolina, um dos componentes do colágeno, se acumulou na pele e nas articulações. 90% dos peptídeos de colágeno foram absorvidos, com quantidades mensuráveis acumuladas na região da pele e articulações.

Outra pesquisa, publicada no Journal of the Science of Food and Agriculture, demonstrou que suplementos com níveis altos de peptídeos de colágeno fornecem resultados visíveis para a saúde da pele facial em oito semanas, em comparação com suplementos que contêm níveis baixos de peptídeos de colágeno. Como resultado do estudo, os pesquisadores apontam grande melhora da elasticidade, bem como atenuação de linhas de expressão no rosto das participantes.

Teor de peptídeos de colágeno

Foram recrutadas 85 mulheres saudáveis, que foram divididas em três grupos: grupo que recebeu colágeno hidrolisado com alto teor de peptídeos de colágeno, grupo com baixo teor de peptídeos de colágeno, e grupo controle (placebo).

Após 8 semanas, o grupo que recebeu suplementação com alto teor de peptídeos de colágeno hidrolisado foi o que apresentou maior melhora na hidratação, elasticidade, rugas e aspereza quando comparado com os dois outros grupos. O grupo com baixo teor de peptídeos de colágeno, quando comparado com o grupo placebo, apresentou melhora na hidratação da pele facial, mas não nos outros itens.

Saber o que são peptídeos de colágeno é o primeiro passo para entender como a suplementação com produtos que apresentam a substância na formulação é eficaz para manter a pele hidratada, menos propensa a linhas de expressão e rugas.

Para isso, suplemento de colágeno em pó e ingerido por via oral é uma alternativa na qual, além dos peptídeos, você pode encontrar vitaminas e nutrientes na formulação que potencializam os benefícios para o corpo.

As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Assim, as informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. Por fim, nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura de ajuda por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essential.

Uma fórmula completa para o intestino

R$180,00

Enhanced Formula com peptídeos de colágeno para um corpo em equilíbrio

R$208,00

Colágeno hidrolisado com ácido hialurônico

R$180,00